terça-feira, junho 03, 2008

Encantos, em cantos insuspeitos

E há um tempão que não te visitava.Consequências dessas aventuras na selva a que tenho me proposto.

E eis que me dá de presente um nó na garganta (rsrsrs)!

Um engasgo emocionado, nem tanto pela poesia abaixo, mas muito por
sua escolha....

Uma escolha delicada, profunda, intrincada e simples... Linda por ser simples.

Que sorte a minha te ter por perto.





ANEDOTA DA LULA


A lula é de fato

um bolso carnívoro

contendo uma caneta que lhe serve

de esqueleto.

A lula é um dedo ereto ou

um polegar que se opõe. A pena da lula

é sua unha longa e escrupulosa

que se esconde.

A lula é um pássaro de bico pequeno

que comeu sua única asa, ou

se empalou em suas próprias penas.

A lula, entretanto,

a despeito de seu odre cadurciano

e quatrocentos cálices

não entretém ninguém

A lula com seus oito

braços e dois pincéis e tintas

não pinta.

A lula sabe também que o uso

da caneta e tinta não é para registrar

impressões ou para assinar o nome

em formulários e requerimentos.

Mas pode-se dizer, por exemplo,

que a lula transcreve seu silêncio

no espaço entre as vagas e o fundo-do-mar,

ou que invoca uma palavra jamais pronunciada

cuja não-pronunciação muscular somente

a lula tem conhecimento.

A lula leva sua tinta

numa saca, não num frasco.

Com ela a lula faz artefatos.

Tudo isso são equívocos na descrição,

ou na auto-descrição, ou dissimulações

aos olhos da baleia que come lulas

e para a própria lula que cresce

transparente e se retrai

deixando atrás de si

sombras coagulantes.


(ROBERT BRINGHURST, nascido em 1946)

in Nova Poesia Americana – Quimgumbo,

-----------------------------------------------------


2 comentários:

Anônimo disse...

Esse poema evoca muita, muita coisa - desde algo sugestivo de mero movimento, ou "esquisitas estéticas" nas formas que evoca ou ainda "transformações" possíveis no conhecimento que "achamos" que temos sobre seja lá o que for. Zuza

Anônimo disse...

Nossa! Fiquei muito feliz com isso tudo... Fui correndo até o café mas LábiaDom não estava lá. Por qual café andas??
Enviei msg para aquele endereço, mas imaginei que talvez você esteja longe dos expressos ou mesmo dos de coador, metida no meio da Amazônia... Fico no aguardo ansiosíssimo da sua resposta. Zuzu.